priscila-fischer-malacacheta

No final de 2017, minha esposa e eu fomos padrinhos do casamento de nossos amigos Romilda e Juliano. Durante o casamento uma voz suave me chamou atenção. Era a cantora Priscila Fischer.

Como relatei, no casamento, a suavidade de sua voz me chamou atenção. Mas, acompanho seu trabalho pelas redes sociais e vejo uma quantidade de performances diferentes. Você se adapta melhor a qual estilo musical?
Nas minhas apresentações, canto vários estilos musicais, mas sou apaixonada por músicas internacionais.

Como a música aconteceu em sua vida?
Através do meu pai e irmãos. A música se apresentou a mim desde muito pequena. Mas com o passar do tempo, fui me interessando mais e mais por esse universo. Hoje cantar é o que mais amo fazer.

Você tem explorado sua habilidade financeiramente?
Sim, me apresento em casamentos, aniversários, barzinhos entre outros eventos.

priscila fischer malacacheta2

Como é sua parceria com o Cleumar Carvalho? Estilo Rita Lee e Roberto de Carvalho?
Já éramos casados quando senti a necessidade de ter um acompanhamento em minhas apresentações. Então, começamos a ensaiar e deu muito certo. Cleumar já gostava de música e nossa sintonia foi fundamental. Ele canta comigo e toca cajón. Também em alguns shows, André Brasil, me acompanha com teclado.

Quais instrumentos você toca e qual seu preferido?
Toco violão, instrumento pelo qual sempre fui encantada. Mas tenho desejo de aprender outros instrumentos.

Você compõe?
Me aventuro às vezes a compor por diversão. Mas, me dedico mais a ser uma boa intérprete.

Nossa juventude tem revelado vários talentos musicais, dentre os quais você é um dos destaques. Você pensa que eventos como o extinto Fescama (Festival da Canção de Malacacheta), poderia ajudar nossos talentos a deslancharem?
Com certeza. Festivais musicais são de grande importância para nossa comunidade, pois através deles podemos manter nossas tradições culturais vivas, além de despertar em nossos jovens, o interesse pela música.

priscila fischer malacacheta1

Já tentou ou pensa em participar de programas como o The Voice Brasil?
Sim. É meu sonho. Já me inscrevi uma vez, espero um dia participar de concursos como The Voice Brasil.

Quais artistas lhe servem de inspiração?
Gosto muito de mulheres que quebraram paradigmas na música como Tina Turner, Beyoncé e Lady Gaga.  Também gosto muito de Ricky Martin, Queen, Coldplay, Marisa Monte, Roxette e Rod Stewart.

A gente vê muita coisa ruim fazendo sucesso e por outro lado excelentes talentos que não conseguem despontar. Isso lhe assusta?
Sim. É triste ver que a música hoje tende a ter mais marketing do que qualidade.
Antigamente para se fazer sucesso, era preciso cantar muito bem e as músicas terem letras tocantes e com alguma mensagem ou sentido. Com o crescimento das redes sociais, hoje no mercado musical, a boa música perdeu muito seu espaço.

Planos para o futuro?
Pretendo continuar cantando, que é o que nasci para fazer. Espero um dia poder representar Malacacheta em outros lugares com minha voz.

Contato para shows.
(33) 991630574 ou (33) 999208233

0
0
0
s2sdefault

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Topo
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com