roselene-nutri-malacacheta

Quem nunca sentiu aquela sensação instantânea de prazer ao saborear um determinado alimento? Pode acreditar: não é lenda dizer que a alimentação pode afetar diretamente o nosso humor.

Alguns alimentos têm nutrientes capazes de aumentar a produção de neurotransmissores. Um deles é a serotonina responsável por promover sensação de prazer e bem estar.
E quando se fala em bem-estar a nível fisiológico não podemos esquecer a serotonina conhecida como o hormônio da felicidade e sua produção está ligada também a alimentação. É possível ser mais feliz de acordo com os alimentos que você come. E não se trata das comidas doces e gordurosas que enchem os olhos de muitas pessoas. São itens saudáveis que você pode incluir na sua alimentação e desfrutar de muitos benefícios. Dentre eles a qualidade do sono, que influencia diretamente na qualidade de vida e no emagrecimento.
Alguns alimentos serão utilizados para a formação da serotonina, que atua no cérebro, regulando funções psicológicas como o humor, a ansiedade e a alegria. Também regula funções corporais como o metabolismo, sono, temperatura corporal, libido e apetite.
O aminoácido triptofano é de vital importância na síntese de serotonina. Eles estão intimamente relacionados, porque sem um nível adequado de triptofano, a síntese de serotonina não seria possível. Então, uma das formas de aumentar a concentração de serotonina no organismo é consumindo alimentos ricos em triptofano que pode ser encontrado em fontes de proteína animal e vegetal, assim como em muitas frutas, sementes e castanhas.
Alguns dos alimentos fontes de triptofano são: ovo caipira, carne magra, sardinha, ora-pro-nobis, sementes de abóbora, semente de girassol s/casca, semente de gergelim, grão de bico, lentilhas, quinoa, feijão, nozes, amêndoas, castanhas, amendoim, queijos cottage, ricota, cogumelos, banana, abacaxi, abacate, spirulina, sementes de chia, semente de linhaça, chocolate amargo.
No entanto, não basta apenas incluir estes alimentos. É necessário também reduzir o consumo de alimentos que, em geral, não são benéficos – fast food, alimentos industrializados, açúcares… que tendem a “esgotar” o triptofano, reduzindo sua atividade no organismo.
A baixa concentração de serotonina no organismo pode causar: mau humor pela manhã, sonolência durante o dia, Inibição do desejo sexual, vontade de comer doces, fraqueza, cansaço físico, ansiedade por comida, dificuldade no aprendizado, distúrbios de memória e de concentração, irritabilidade e problemas digestivos.
Uma alimentação equilibrada e orientada por um profissional nutricionista contempla as quantidades ideais de nutrientes necessárias para a síntese de serotonina. Não espere ter sintomas da diminuição no seu organismo para começar a se cuidar,. Comece desde já hábitos saudáveis que garantam felicidade e bem-estar.


Roselene Santos
Nutricionista / CRN 8185
Graduada em nutrição pela Universidade Presidente Antonio Carlos

0
0
0
s2sdefault
Topo
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com