feira-primavera-aguas-formosas
feira-primavera-aguas-formosas

Aconteceu nesse sábado, 05 de outubro de 2019, a 1ª Feira da Primavera de Águas Formosas.

canto-do-conto-malacacheta-wanderlan-cordeiro
canto-do-conto-malacacheta-wanderlan-cordeiro

Zé era um rapazote moreno queimado de sol e trabalhava na lavoura com os irmãos e o pai, que era agregado na fazenda de coronel Sicrano.
Querendo mudar de vida e com a ajuda da mãe, convenceu seu pai a arranjar abrigo na casa de um tio que morava na cidade.
Deixou com tristeza a família e a fazenda onde crescera, mas cheio de planos. Foi morar em uma casa simples com seus tios, em um quartinho vago nos fundos.

canto-do-conto-malacacheta-agnaldo-campos
canto-do-conto-malacacheta-agnaldo-campos

Maria de Tal, desgraçadamente ruma para a lixeira levando os rejeitos do dia. Jovem, negra forte, não resiste à tentação e ataca mais uma vez. Aquelas cascas de requeijão moreno, revisado a fio na lamina da "peixeira" cortante da senhora patroa, lhe cairia muito bem naquele momento. Cascas, excedentes para os ricos, mas de fino paladar para a jovem miserável que passava fome na grota do Anu Branco.

bruxinha-malacacheta
bruxinha-malacacheta

Quando Wanderlan e Hélia, fizeram-me o convite para nessa edição falar de moda, fiquei muito lisonjeada, quanta honra! Porém, perguntei! Logo Eu? Mas por vocês, meus “Bruxinhos e Bruxinhas”, aqui estou! Então vamos lá.

jose-apolinario-malacacheta
jose-apolinario-malacacheta

José Apolinário dos Santos foi casado com Felícia Ferreira dos Santos.

Morou sempre em sua propriedade perto da Saudade.

Tiveram três filhos: Domingos, Ilídio e Maria.

rancho-graminha-malacacheta
rancho-graminha-malacacheta

Localizado a apenas 2 km da cidade de Malacacheta, de acesso fácil, o Rancho Graminha, administrado por José Amaral Cunha e André Luís Guimarães Cunha tem se mostrado uma alternativa de lazer cada vez mais utilizada pelos malacachetenses.

Informal
Informal Tirinha de Tiago de Cayres Cordeiro.
gabriel-malacacheta
gabriel-malacacheta
  Iniciei no mundo da leitura ainda muito pequeno! Quando eu tinha apenas 03 aninhos, minha mãe começou a ler pra mim. Eu ouvia com atenção as historinhas e olhava, curioso, as figuras do livro. Desde então mergulhei no mundo mágico da leitura, aos poucos fui me identificando com as letras e aprendendo um pouco mais.

bududugo
bududugo Tirinha deTiago de Cayres Cordeiro.
credshopping
credshopping Empresa de nossa região promete revolucionar o mundo dos negócios com tecnologia similar de companhias como Uber e Airbnb em um mercado nunca antes explorado.

Topo
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com